ForumTrans

Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo

pedrokacete

Actualidades ? Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #60 em: Julho 01, 2016, 09:50:32 am »
Andava à procura de informação sobre este assunto, mas falta-me sempre o principal,
ou seja, CONCRETAMENTE qual é a Lei ou Decreto-Lei onde está expressamente escrito
que é proibido exigir cópia do Cartão de Cidadão ?

Geralmente o que faço, quando não o fazem, é riscar o canto do cartão na fotocópia,
para evitar um possível aproveitamento do mesmo para outros fins.
 

pedrokacete

Actualidades ? Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #61 em: Julho 06, 2016, 06:59:21 pm »
SURPRESA ! Você foi apanhado por um radar \"surpresa\".
http://rr.sapo.pt/noticia/58415/interac ... s_surpresa

06 jul, 2016
São 50 cabines colocadas em locais considerados \"extremamente críticos\", por onde vão rodar 30 radares.
O primeiro começa a funcionar esta quarta-feira, na A5, em Lisboa. O sistema estará a funcionar em pleno em Janeiro de 2017.
 

Offline lisboeta08

Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #62 em: Julho 08, 2016, 03:13:20 am »
Citação de: \"pedrokacete\"
Andava à procura de informação sobre este assunto, mas falta-me sempre o principal,
ou seja, CONCRETAMENTE qual é a Lei ou Decreto-Lei onde está expressamente escrito
que é proibido exigir cópia do Cartão de Cidadão ?

Geralmente o que faço, quando não o fazem, é riscar o canto do cartão na fotocópia,
para evitar um possível aproveitamento do mesmo para outros fins.

Ver aqui...
http://pplware.sapo.pt/informacao/sabia ... o-cidadao/

Esta proibição vem descrita no Decreto-Lei n.o 7/2007 de 5 de Fevereiro:
https://www.cartaodecidadao.pt/index.ph ... ng=pt.html

Artigo 5.o Proibição de Retenção

A conferência de identidade que se mostre necessária a qualquer entidade pública ou privada não permite a retenção ou conservação do cartão de cidadão, salvo nos casos expressamente previstos na lei ou mediante decisão de autoridade judiciária. 2 — É igualmente interdita a reprodução do cartão de cidadão em fotocópia ou qualquer outro meio sem consentimento do titular, salvo nos casos expressamente previstos na lei ou mediante decisão de autoridade judiciária. 3 — A pessoa que encontrar o cartão de cidadão que não lhe pertença ou a entidade a quem o cartão for entregue deve remetê-lo imediatamente a qualquer serviço de recepção ou a autoridade policial.
« Última modificação: Setembro 23, 2017, 11:15:47 pm por lisboeta08 »
 

pedrokacete

Actualidades ? Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #63 em: Julho 08, 2016, 06:35:23 pm »
Obrigado pela informação, lisboeta08.

Como de costume é mais uma Lei que está sujeita a diversas interpretações ...

blá-blá-blá ... \"salvo nos casos expressamente previstos  na  lei  ou  mediante  
decisão  de  autoridade judiciária\"


Mais uma vez, Portugal no seu melhor/pior, é proibido por Lei da A.R. ,
mas vem logo na própria Lei a dizer que há exceções !  :roll:

E como todos sabemos na pratica, se não apresentar a fotocópia,
não vou ter o serviço (ou outro) que preciso !
 

Offline lisboeta08

Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #64 em: Outubro 20, 2016, 11:21:08 pm »
Constitucional espanhol anula a proibição de touradas na Catalunha

Ao declarar as corridas de touros património cultural imaterial, o Governo afirma que a matéria é da estrita competência do Ministério da Cultura.

Depois de a Catalunha ter aprovado uma lei regional proibindo as corridas de touros, o Tribunal Constitucional espanhol anunciou esta quinta-feira a anulação da decisão, por considerar que a matéria, dada a componente cultural, é da estrita competência do Ministério da Cultura.

A fundamentação para esta marcha-atrás assenta precisamente no entendimento que é feito em relação às touradas. Ao declará-las património cultural imaterial, o Governo  coloca-as fora do domínio legislativo permitido à comunidade autónoma da Catalunha, no que aos espetáculos públicos e proteção dos direitos dos animais diz respeito.

O parlamento espanhol aprovou em 2013, a partir de uma iniciativa popular, legislação para que as touradas fossem consideradas "bem de interesse cultural", depois de a festa taurina ter sido proibida na Catalunha em 2010.

A decisão do TC deverá implicar um aumento da tensão entre ativistas pela proteção dos animais e os defensores das tradições.

A sentença também irá alimentar as críticas em relação ao centralismo de Madrid dos que lutam pela independência desta comunidade autónoma.
http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-10-20-Constitucional-espanhol-anula-a-proibicao-de-touradas-na-Catalunha
« Última modificação: Setembro 08, 2017, 07:41:53 am por lisboeta08 »
 

Offline lisboeta08

Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #65 em: Novembro 03, 2016, 09:32:04 pm »
Forças iraquianas ocupam primeiro bairro de Mossul

Uma infografia interessante sobre o avanço sobre Mossul no Iraque:

A leste e norte da cidade, o avanço, respetivamente, de tropas especiais iraquianas e de forças curdas foi mais rápido que o
esperado. Mas falta o mais difícil: conquistar o centro da cidade onde o Daesh se refugiou. No dia "o 17.º da ofensiva, esta quarta-feira " em
que as forças iraquianas conseguiram entrar finalmente em Mossul, o ponto da situação e o mapa interativo da investida da coligação

http://expresso.sapo.pt/internacional/2016-11-03-Forcas-iraquianas-ocupam-primeiro-bairro-de-Mossul
« Última modificação: Setembro 08, 2017, 07:42:04 am por lisboeta08 »
 

Offline Monique Mon

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #66 em: Dezembro 21, 2017, 06:19:36 pm »
Ataque Informático

A revista Sábado consultou essas listas e descobriu os dados de e-mail de utilizadores de áreas tão sensíveis como as Forças Armadas, PSP, GNR, juízes, Polícia Judiciária e Ministério Público.

Um dos exemplos citados é o do endereço de correio eletrónico e palavra-passe do Procurador Rosário Teixeira, titular do inquérito da Operação Marquês ou ainda de Luís Naves, diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária.

Mas há mais. É o caso dos e-mails de membros dos governos de José Sócrates e Pedro Passos Coelho, autarquias e até mesmo de funcionários do Centro de Gestão da Rede Informática do Governo (CEGER), a entidade que gere, por exemplo, os servidores onde ficam registadas as comunicações eletrónicas entre os diferente membros do executivo ou informações relativas a negócios do Estado, como a aquisição de material militar.

Mais informações acesso o site.
Fonte: https://www.tsf.pt/sociedade/ciencia-e-tecnologia/interior/ataque-informatico-pode-ser-a-maior-fuga-de-informacao-de-sempre-em-portugal-9001319.html
MONIQUE M💋N
 

Offline Monique Mon

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #67 em: Dezembro 25, 2017, 10:17:42 am »
'Pelo bem da humanidade', Stephen Hawking faz apelo para que homem volte à Lua

Stephen HawkingDireito de imagemPA
Image caption
"Essa expansão para o espaço pode mudar completamente o futuro da humanidade", disse o físico britânico
O cientista e físico britânico Stephen Hawking convocou países a enviarem astronautas à Lua até 2020. Para ele, é preciso também construir uma base lunar nos próximos 30 anos e enviar pessoas a Marte até 2025 - tudo isso pensando "no futuro da humanidade".
As previsões de Hawking almejam principalmente reacender programas espaciais globais, forjar novas alianças e dar à humanidade uma nova "sensação de propósito".
O cientista está participando do Starmus Festival, que celebra a Ciência e as Artes e está acontecendo em Trondheim, na Noruega. Ele reforçou lá seus desejos de um novo plano de expansão espacial.
"Essa expansão para o espaço pode mudar completamente o futuro da humanidade", disse o físico britânico.
"Tenho esperanças de que isso uniria países que competem entre si em torno de uma única meta, para enfrentar o desafio comum a todos nós. Um novo e ambicioso programa espacial serviria para engajar os mais novos e estimular o interesse deles em outras áreas, como astrofísica e cosmologia."
Questionado sobre se não seria melhor gastar o dinheiro disponível tentando resolver os problemas deste planeta, em vez de investi-lo no espaço, Hawking pontuou que é importante, sim, cuidar das questões urgentes daqui - mas agregou que pensar no espaço é importante para garantir o futuro da humanidade.
"Não estou negando a importância de lutar contra o aquecimento global e as mudanças climáticas aqui, ao contrário do que fez Donald Trump, que pode ter tomado a decisão mais séria e errada sobre esse tema que o mundo poderia esperar", disse. (No início do mês, o presidente americano anunciou a saída dos EUA do Acordo de Paris, pacto climático que visa impedir o aumento das temperaturas globais).
No entanto, o cientista ressaltou que as viagens espaciais são essenciais para o futuro da humanidade, principalmente porque a Terra está sob ameaça - justamente por conta de problemas como o aquecimento global e a diminuição dos recursos naturais.
Neil Armstrong na luaDireito de imagemNEIL A. ARMSTRONG
Image caption
Retorno do homem à Lua daria à humanidade uma "sensação de propósito", segundo Hawking
"Estamos ficando sem espaço aqui e os únicos lugares disponíveis para irmos estão em outros planetas, outros universos. É a hora de explorar outros sistemas solares. Tentar se espalhar por aí talvez seja a única estratégia que pode nos salvar de nós mesmos. Estou convencido de que os seres humanos precisam sair da Terra", afirmou o físico.
Chefe da Agência Espacial Europeia, Jan Woerner disse que prevê a construção de uma base na Lua em 2024 e está colaborando com a Rússia para enviar uma sonda e testar um possível local para isso. A China já estipulou uma meta de enviar um astronauta à Lua em breve.
Já a Nasa não tem planos de voltar à Lua por enquanto e vem focando seus esforços no plano de enviar astronautas a Marte até 2030. No entanto, se outras agências espaciais começarem a colaborar entre si para a construção de uma base lunar, seria difícil ver a Nasa de fora dessa.
Para Hawking, o ponto principal é que não há futuro a longo prazo para nossas espécies na Terra: ele acha que seríamos atingidos por um asteroide novamente ou eventualmente engolidos pelo nosso próprio Sol. Ele ainda reforça que viajar para outros planetas distantes "elevaria a humanidade".
"Sempre que demos um novo salto, por exemplo a ida à Lua, unimos os povos e as nações, inauguramos novas descobertas e novas tecnologias", afirmou.
"Deixar a Terra exige uma movimentação global, todos devem estar juntos nisso. Precisamos fazer renascer a empolgação dos primórdios das viagens espaciais, na década de 1960."
Para ele, a colonização de outros planetas já não é mais tema de ficção científica. "Se a humanidade quiser continuar (a viver) por mais milhões de anos, nosso futuro residirá na ousadia de ir onde ninguém mais ousou ir. Espero que seja para o melhor. Nós não temos outra opção."


Fonte http://www.bbc.com/portuguese/geral-40309307?SThisFB
MONIQUE M💋N
 

Offline lisboeta08

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #68 em: Janeiro 10, 2018, 11:05:26 pm »
Cartão presente de 250 euros do Lidl? É fraude!

A promoção fraudulenta promete dar um cartão presente da cadeia alemã com 250 euros, para assinalar o 16º aniversário do Lidl em Portugal

Se se deparar online com uma campanha a oferecer um cartão presente do Lidl com 250 euros não confie, trata-se de phishing. Uma fraude informática que visa a angariação, neste caso, de contactos telefónicos.

A ação Cartão Presente pede aos consumidores para responder a um inquérito com perguntas simples, como quantas pessoas fazem parte do agregado familiar e qual o valor que gastam em média em compras, depois é pedido para informar 15 amigos no WhatsApp da promoção, através do botão convidar dando acesso aos contactos
nesta aplicação. No fim, o utilizador é convidado a clicar no botão “obter cartão de presente” e deverá receber o cartão em “2 a 3 dias úteis”, prometem.

No Facebook, há inclusive imagens do alegado cartão presente Lidl que os utilizadores terão recebido por correio com a oferta de 250 euros, para assinalar os 16 anos da cadeia alemã em Portugal.

Puro engano, alerta o Lidl, cadeia alemã há 23 anos no mercado nacional.

“Na sequência de campanhas falsas em nome do Lidl Portugal em websites e em algumas redes sociais (WhatsApp/Facebook e Instagram), como o caso de um concurso para ganhar “cartões presente no valor de 250 euros na comemoração do 16º aniversário Lidl” através de uma inscrição com fornecimento de dados pessoais em websites fraudulentos, o Lidl Portugal informa que todas as campanhas e promoções da cadeia de retalho são divulgadas através dos canais oficiais da marca, nomeadamente, o site (www.lidl.pt/pt/os-nossos-passatempos.htm) e/ou das páginas oficiais de Facebook e Instagram Lidl Portugal”, reage o Lidl quando questionado pelo Dinheiro Vivo sobre esta ação.

“O Lidl Portugal alerta ainda para um cuidado especial na divulgação de dados pessoais em páginas que não são as oficiais”, reforça.
https://www.dinheirovivo.pt/empresas/cartao-presente-de-250-euros-do-lidl-e-fraude/
 

Offline maricosta011

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #69 em: Abril 28, 2018, 09:55:46 pm »
sei de pessoal que caiu que nem um patinho...
gonna fuck you hard...yyyyyeeeaaaaahhhh...
 

Offline lisboeta08

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #70 em: Outubro 26, 2018, 04:52:55 pm »
Vamos lá poupar uns euros...

707.PT – DIGA ADEUS ÀS LINHAS DE VALOR ACRESCENTADO

-> https://707.pt/porque/

Sabia que atrás do número 707 há (quase) sempre um número de rede fixa, para onde a chamada é re-encaminhada?

Provavelmente o seu plano de telecomunicações tem chamadas grátis para a rede fixa e móvel, mas se ligar para um 707, 808, ou outros números não começados por 2 ou 9, vai pagar estas comunicações. Não seria mais justo que pudesse usar um número fixo ou móvel para ligar para o apoio ao cliente do seu fornecedor, ou de outras entidades?

Utilize a caixa de pesquisa no topo da página e poupe dinheiro nas suas chamadas telefónicas.

Todos os números constantes na nossa base de dados foram testados à data de inserção.

Se conhece uma alternativa a um número 707 (ou de valor acrescentado), envie-nos essa informação. Validaremos os dados e publicaremos o mais rapidamente possível.

Porque é que dizemos “há (quase) sempre um número de rede fixa”?

Infelizmente algumas empresas detectam se ligou para o número da rede fixa, em vez do 707, e, sendo esse o caso, desligam a sua chamada. Reclame! Você já financia os custos operacionais do seu fornecedor. Não tem de pagar pelo apoio ao cliente!


Nota pessoal: Da minha experiência, tenho ligado para a 'NOS', pelo número que indicam 800 999 000,  e não pelo 16990, e sempre com sucesso e sem os custos associados (nalgumas opções) a esta linha de apoio.

https://707.pt/numero-alternativo/16990-nos/
« Última modificação: Outubro 27, 2018, 03:43:09 am por lisboeta08 »
 

Offline lisboeta08

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #71 em: Junho 17, 2019, 10:56:19 pm »
O LUSITANIA TV, voltou

Recuemos uns anitos...

https://www.youtube.com/channel/UCMXYw2ue2b3uKuYMN6qVSsg/videos
« Última modificação: Junho 17, 2019, 10:59:20 pm por lisboeta08 »
 


Offline lisboeta08

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #73 em: Novembro 09, 2019, 03:53:48 am »
O PIROPO

(artigo de Inês Ferreira Leite*)

Piropos há muitos

Não me lembro do meu primeiro “piropo”. Mas lembro-me bem da primeira vez que me senti como um objeto sexual, na rua. Tinha 14 anos e estava a vir da escola, do último dia de aulas do 2º trimestre do 9º ano. Por brincadeira, tínhamos pintado e rasgado as calças de ganga (uma espécie de celebração adolescente do Carnaval) e, apesar de ter “collants” opacos pretos por baixo, as minhas pernas estavam manifestamente à vista de quem passasse. Foi mesmo na minha rua, quase a chegar a casa. Um senhor bastante mais velho fez um comentário qualquer – não me recordo das palavras exatas – que me fez sentir que os dados do “jogo” tinham mudado: já não me viam como criança. Depois deste, vieram muitos. O piropo é um companheiro habitual de quase todas as mulheres que circulam pelas ruas do nosso país.

Deveria ser criminalizado?


Há cerca de duas semanas, desafiaram-me para que escrevesse sobre o assunto. Desde então, tenho estado mais atenta quando ando na rua. E eu ando muito na rua. Todos os dias. Adoro andar de metro e a pé, pelo que tive muitas oportunidades de experienciar o piropo português. Apesar de já ter uma opinião sobre a questão, como penalista – sem quaisquer reticências – como mulher e cidadã, julguei que se justificaria reiniciar uma abordagem a este tema. Não mudei de opinião, como penalista, mas repensei o problema na perspetiva da mulher: será que ainda há aqui espaço para falar de vítimas?
(ver mais no artigo publicado...)
https://www.capazes.pt/cronicas/o-piropo-por-ines-ferreira-leite/view-all/

*Inês Ferreira Leite, Assistente em Ciências Jurídico-Criminais na Faculdade de Direito de Lisboa desde 2001, com Mestrado, feito na mesma área e Universidade, desde 2006, tendo publicado a tese sob o título "O Conflito de Leis Penais - Natureza e função do Direito Penal Internacional". Assessora do Secretário de Estado Adjunto e da Justiça entre 2006 e 2009. Membro do Conselho Consultivo da Unidade para a Reforma Penal entre 2006 e 2007. Membro do Grupo de Trabalho para Reforma do Direito da Família entre 2007 e 2009.
« Última modificação: Novembro 09, 2019, 03:56:54 am por lisboeta08 »
 
The following users thanked this post: AntMan

Offline pauloxxl

Re: Actualidades - Sociais_Políticas_Económicas...país/mundo
« Responder #74 em: Janeiro 11, 2020, 03:27:43 am »
O artigo da Inês Ferreira Leite para o qual o post remete padece de um grave defeito. Dá um parecer técnico jurídico sobre o piropo, correcto e depois espalha-se ao comprido ao dar uma opinião pessoal.

Nunca se deve fazer isso, até porque se expõe. E resulta das entrelinhas dessa exposição que é uma mulher com uma sexualidade reprimida.
Os anúncios levam o cliente até à porta.  Se a maioria não volta é porque o atendimento é vulgar ou ruim. CLIENTE é aquele que volta. Aquele que não volta se chama CURIOSO. Profissionais têm clientes, amadoras têm curiosos !!!